A importância de fazer um check-up

img19
Insuficiência renal crônica: entenda o que é
10 de março de 2016
img11
Os benefícios da dança para a saúde
24 de junho de 2016

A importância de fazer um check-up antes de iniciar atividades físicas 

Quem já não pensou em começar uma atividade física e levar uma vida mais saudável? No entanto, iniciar uma rotina de exercícios não se resume apenas a colocar um tênis e se matricular em uma academia. Isso porque saber a condição clínica é crucial para determinar quais atividades a pessoa poderá realizar e quais os cuidados que ela deverá tomar para evitar danos a sua saúde.

Uma rotina de atividades gera mudanças metabólicas variadas e intensas e, caso a pessoa tenha alguma doença silenciosa ou em fase inicial, os exercícios podem acentuar os riscos que a doença apresenta. Assim, realizar um check-up médico é fundamental para evitar surpresas desagradáveis, como paradas cardiorrespiratórias, além de contribuir para o desejo da pessoa em incluir em sua rotina hábitos saudáveis que previna doenças e promova a saúde.

No pacote de procedimentos necessários para iniciar atividades físicas, além da avaliação médica de preferência com um cardiologista para análise de sintomas, são importantes também exame clínico, avaliação de riscos e os exames abaixo para diagnosticar alterações clínicas e assegurar que a pessoa está apta a fazer exercícios:

  • Teste ergométrico: mede os batimentos cardíacos, pressão arterial e atividade elétrica do coração. Detecta as alterações do coração que muitas vezes só são identificadas quando a pessoa está submetida a um esforço físico. O exame é realizado através da colocação de eletrodos no tórax do paciente que iniciará a caminhada em uma esteira para o monitoramento da freqüência cardíaca.

 

  • Eletrocardiograma: é realizado para registrar a variação dos potenciais elétricos gerados pela atividade elétrica do coração. A atividade elétrica do coração varia de acordo com a quantidade relativa de íons de sódio dentro e fora das células do músculo cardíaco. A realização deste exame, por meio de eletrodos colocados em pontos específicos do corpo, registra estas diferenças de potenciais que em alguns casos são identificadas como arritmias cardíacas ou síndromes isquêmicas.

 

  • Ecocardiografia: permite a observação ultrassonográfica das estruturas cardíacas em três dimensões, o que possibilita o melhor conhecimento das doenças cardiológicas, caso sejam identificadas. Pode diagnosticar com mais rigorosidade alterações cardíacas que outros exames não alcançam, além de dar informações ao médico sobre o tamanho e forma do coração e como estão trabalhando as válvulas e câmeras cardíacas.

 

Além da consulta médica e a realização dos exames preventivos, é aconselhável uma avaliação nutricional que forneça uma dieta balanceada de acordo com seu metabolismo e exercício a ser feito para fornecer os nutrientes necessários para a queima e reposição de energia.