INCA divulga quais os tipos de câncer mais frequentes

endometriose
O que é endometriose
10 de janeiro de 2018
coracaosaude
Obstrução das artérias coronárias: como prevenir e diagnosticar
18 de fevereiro de 2018
Show all
lista-cancer

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) divulgou um amplo panorama sobre a incidência de câncer no Brasil. Cerca de 1,2 milhão de novos casos devem surgir no biênio 2018-2019 segundo estudo apresentado durante a celebração do Dia Mundial do Câncer. O câncer de pele não-melanoma, um tipo menos letal, seguirá sendo o mais frequente em ambos os sexos.
A publicação é considerada uma ferramenta essencial para o controle da doença, já que norteia o planejamento de políticas públicas e gestão dos recursos, com atenção especial para o aspecto da prevenção.
De acordo com o levantamento, 1/3 das novas ocorrências pode ser evitada, pois tem relação com fatores de risco, como obesidade, sedentarismo, tabagismo e consumo de álcool.
A exposição exagerada ao sol, por exemplo, é o principal desencadeador do câncer de pele não-melanoma, o primeiro da lista de incidência. Apesar de curável na maioria dos casos, sua elevada incidência explica uma ocorrência de óbitos semelhante ao do câncer de pele melanoma, um tipo mais grave.
A previsão para 2018 é que surjam 582 mil novos casos, sendo 300 mil em homens e 282 mil em mulheres. Depois do câncer de pele não-melanoma, os cânceres de próstata em homens e mama em mulheres serão os mais frequentes. Ambos são mais ligados a questões de envelhecimento, alterações hormonais e funções reprodutivas.
Entre os homens, também se destaca o câncer de pulmão, tipo com maior incidência no mundo e que tem como principal causa o tabagismo. Em geral, o câncer de pulmão é detectado em estágios avançados, uma vez que os sintomas iniciais não são observados.
No caso das mulheres, o terceiro câncer mais frequente é o de intestino, muito relacionado a hábitos alimentares, tabagismo e uso excessivo de álcool. Assim como no de pulmão, o sucesso no tratamento está muito atrelado ao diagnóstico precoce. Em seu estágio inicial, pode ser curado com a retirada de pólipos e lesões pela colonoscopia.

Veja a seguir a lista do INCA com os 5 tumores com maior incidência estimada para 2018, por sexo e sem a inclusão do câncer de pele não melanoma.

Homens
1. Próstata (31,7%)
2. Pulmão (8,7%)
3. Intestino (8,1%)
4. Estômago (6,3%)
5. Cavidade oral (5,2%)
Mulheres
1. Câncer de mama (29,5%)
2. Intestino (9,4%)
3. Colo do útero (8,1%)
4. Pulmão (6,2%)
5. Tireoide (4%)