Hérnia de disco: como identificar e tratar a doença que afeta a coluna

enxaqueca
Casos de enxaqueca aumentam em dias mais quentes
30 de dezembro de 2016
dormir-pouco
Dormir pouco aumenta as chances de hipertensão
13 de janeiro de 2017

Dores intensas na coluna, no nervo ciático e nas pernas são os sintomas mais comuns da hérnia de disco, uma doença que atualmente atinge mais de cinco milhões de brasileiros e que é causada, principalmente, pelo sedentarismo, má postura e sobrepeso. No entanto, assim como tantas outras doenças, se diagnosticada precocemente, ela pode ter um tratamento de sucesso através de fisioterapia e procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos.

A hérnia de disco ocorre quando existe um rompimento dos anéis que formam os discos que ficam entre as vértebras. Após esse processo, eles se desprendem e começam a causar compressão em estruturas nervosas, provocando fortes dores. A doença pode ser diagnosticada através de um exame de ressonância magnética, que é capaz de mostrar exatamente o estado do disco e a pressão sobre o sistema nervoso.

Tratamento

A grande maioria dos pacientes pode ser tratada através da fisioterapia ou da quiropraxia. Em casos muito graves, que afetam menos de 10% dos diagnosticados com hérnia de disco, é indicado o processo cirúrgico, atualmente pouco invasivo.

A fisioterapia busca controlar a dor, através de exercícios, alongamentos, técnicas manuais ou correntes elétricas. A partir daí, com a dor controlada, é possível avançar o tratamento para a fase de reforço muscular. Já a quiropraxia, ajusta a região da hérnia, tirando a pressão sobre o nervo, aliviando assim as dores.

Em relação a cirurgia, ela pode ser feita de várias maneiras. Entre as principais estão a descompressão do disco, que é feita com auxílio de um microscópio cirúrgico para a retirada da parte do disco que vazou, e a artrodese, que é indicada para pacientes que, além da hérnia de disco, têm doenças degenerativas na coluna. Nesse processo cirúrgico as vértebras são fixadas umas nas outras, com uso de parafusos.

Prevenção

A hérnia de disco pode ser prevenida através de pequenas e simples ações. Manter a boa postura, com a coluna reta, e evitar permanecer muito tempo na mesma posição. Quem trabalha sentado deve levantar no mínimo de hora em hora e fazer alongamentos. Fazer atividade física com reforço muscular das regiões abdominal e lombar também ajuda a prevenir a hérnia de disco, além de manter o peso ideal para não sobrecarregar a coluna.