Gastrite e outras doenças no estômago podem ser intensificadas pelo estresse

urina
Cor da urina pode revelar doenças renais ou no fígado
17 de fevereiro de 2017
coracao
Doenças cardiovasculares é a principal causa de morte no país; atenção aos sinais do coração
3 de março de 2017

O estômago é um dos primeiros lugares do corpo humano a acusar o mal que o estresse provoca à saúde. Segundo especialistas, a tensão pode piorar a digestão e aumentar os fatores de risco para doenças crônicas. Por isso é necessário ficar atento aos sinais, como por exemplo, dores e mal-estar no abdômen, má digestão, diarreia, azia ou queimação.

Estudos mostram que o estresse é capaz de alterar as funções gastrointestinais através do sistema nervoso. Quando a pessoa se encontra tensa, pode haver uma inibição do movimento espontâneo gástrico, assim como uma interferência na produção dos ácidos e enzimas digestivas, atrapalhando o funcionamento correto do sistema digestivo.

Má alimentação, sedentarismo, noites mal dormidas e uma carga excessiva de trabalho ou estudo, podem agravar os problemas no sistema digestivo, pois interferem na liberação de importantes substâncias digestivas. Essas alterações podem provocar, por exemplo, uma inflamação no estômago, caracterizando uma gastrite.

A gastrite é uma doença que pode durar pouco tempo, ou até mesmo vários meses, e tem como principais sintomas, a indigestão, queimação e azia, náuseas, vômitos e dores abdominais. Para ser diagnosticada, é necessária a realização de exames de imagem, como raio-x, ultrassom e a endoscopia.

Outra doença no sistema digestivo que pode ser causada pelo estresse é a úlcera. E assim como a gastrite, trata-se de um problema de saúde grave, pois ela forma feridas na parede do estômago, causando muita dor. Se não for tratada, pode piorar a ponto de perfurar a parede do estômago e causar uma hemorragia digestiva.

Portanto, fique atento aos sinais e, principalmente, procure manter hábitos mais saudáveis. Mesmo que a rotina de trabalho ou de estudo seja longa e cansativa, tente praticar atividades físicas diariamente e mantenha uma boa alimentação. Evite o consumo de bebidas alcoólicas e o cigarro, pois podem causar irritação ao estômago.